Engenharia

Conheça as invenções de Da vinci.

Máquina Voadora
Maquina de fabricar Limas
Maquina Escavadora
Besta gigante sobre rodas
Besta do disparo potencializado
Morteiros com Projeteis Explosivos
Carrinho a auto-propulsão
Carro Armado
Pára-quedas
Ponte levadiça
Submarino
Isqueiro
Máquinas Multi Canos


 

Máquina Voadora

Leonardo da tentou realizar o sonho do ser humano com a tentativa de inventar uma maquina voadora, para que o homem pudesse chegar ao destino mais rápido, facilitar transporte e informações através de um objeto que pudesse se locomover através dos ares.

Uma das versões da máquina voadora projetada por Leonardo.
A posição do piloto foi de supino e os mecanismos foram operados com dois pedais.
Os desenhos na parte superior representam uma vista lateral da asa curvas.
No centro, um muito fraco desenho mostra a visão global de frente com uma pessoa delineada no meio. para o seu apego à estrutura central. Abaixo, há uma concepção específica da esquerda e estão ao seu lado detalhes específicos para o seu apego à estrutura central.
Após longos comentários sobre o vôo e os «anatomia das aves, Leonardo concebe essa imitação na estrutura do esqueleto de um morcego.

 

 

Maquina de fabricar Limas

Lima é uma ferramenta manual ou mecânica consistente de uma dura haste de aço com ranhuras, usada para desbastar outras peças, sejam elas de metais mais moles, como o alumínio ou o latão, ou de outros materiais como a madeira.
Já Da Vinci, nos séculos passados conseguiu fazer um desenho e construiu uma maquina para fabricar limas, uma revolução para a época.

 

 

 

 

 

 

Maquina Escavadora

Escavadeira é a designação genérica aos vários tipos de máquinas de escavar, de revolver ou remover terra ou de retirar aterro. É também conhecida como escavador, escavadora ou pá mecânica.
Confira a foto da Maquina escavadora de Da Vinci.

Leonardo esta máquina concedida para acelerar a remoção da terra durante as escavações para a construção de canais. É capaz de passar através de um engenhoso sistema de calhas e parafusos para seguir o «ponto da situação. Este é um «duplo-boom enorme guindaste operado por uma única corda que funciona segundo o princípio da lingüeta: escavador equipes trabalhando em três níveis pelo sincronizar as suas operações de modo que cada vez é um recipiente cheio de terra é levantada retornou ao Mínimo recipiente descarga através do peso dos trabalhadores, usando-a como uma carona de volta para o local de trabalho. O trabalho foi organizado da seguinte forma: enquanto uma equipa de cavador encheu o balde para baixo, uma «outra equipe faça o download do balde amarrado a outra ponta da corda para fora do canal. Quando o balde estava cheio no fundo, fora da equipe, que, entretanto tinha recuperado a energia, saltou para o segmento a atingir os seus empregos, enquanto que os trabalhadores no fundo a partir do canal e correu para fazer o download do balde cheio de terra.

 

 

Besta gigante sobre rodas

A besta ou balestra é uma arma com a aparência de uma espingarda, com um arco de flechas, acoplado na ponta de sua coronha, acionada por gatilho, que projeta setas, dardos similares a flechas. Ela foi bastante usada no século XVI e chegou a coexistir com e depois foi substituída pelos mosquetes, primeiras armas de fogo. Hoje, continua a ser fabricada, pois é usada, em algumas partes do mundo, por caçadores. A palavra besta teria sido sincopada do italiano balestra, que por sua vez deriva do latim tardio ballistra.

Acredita-se que a besta foi criada muito antes de Cristo pelos chineses. Leonardo da Vinci Chegou a desenhar a besta, porém não a fabricou. As verdadeiras origens desta arma são controversas e de difícil conclusão já que muitos povos a utilizaram em pequena e grande escala. A besta tinha diversas variações e tamanhos para diferentes projéteis que podiam ser atirados sendo os mais comuns às próprias flechas e o Quadradelo de aço que continha uma ponta semelhante a uma pirâmide que facilitava a entrada na carne ou armadura inimiga.

 

 

 

Besta do disparo potencializado

Uma das maiores invenções para ser utilizadas em guerras, com uma força bruta, já nos tempos passados.
Essa era a Besta de disparo Potencializado.

Uma máquina criada por Leonardo Da Vinci, com a intenção de ser usada em guerras.

 

 

 

 

Morteiros com Projeteis Explosivos

Todavia, são complexos e pesados, o que os torna caros e exige guarnições numerosas. São agrupados no nível de divisão e usados em missões específicas como contra-bateria e alvos de alto valor.
Resumidamente, Da Vinci, criou um lançador de bombas, simples de pensar atualmente, mas na época foi uma novidade, e muito utilizada em guerras após a fabricação.

Este enorme bomba que lembra o formato das conchas morteiro lançados para a atmosfera explosivos que estão caindo no fragmento clusters inimigos.
Essa arma foi realmente construída duzentos anos após Leonardo, que tinha deixado à idéia no papel (durante a Guerra de Secessão americana), como o faz utilizando propulsores da expansão do vapor. Quando a culatra da arma está brilhando através de uma válvula, aí você entra na água que imediatamente transformada em vapor, expande gerando a força necessária para o lançamento do projétil.

 

 

Carrinho a auto-propulsão

 

Este famoso desenho do carrinho a auto-propulsão está, na verdade, um complexo modelo de um autômato, um mecanismo para fornecer efeitos teatrais. O desenho no topo é um primeiro projeto inacabado. Ao centro é o ponto de vista de cima. O veículo pode ser programado e é liquidada pelo mainsprings, as "bestas" são sistemas auxiliares e os mais baixos representam as pequenas rodas, a fuga mecanismo. Os detalhes em torno da central desenho são estudos de sistemas de travagem e gabaritos para os sistemas auxiliares.
  

 

 

Carro Armado

O tanque pode ser visto como um circuntronito terra. Ela se move sobre quatro rodas motrizes impulsionado por um sistema de alavancas e uma manivela como um casamatta pode disparar em todas as direções.
  

 

 

Pára-quedas

Um pára-quedas (ou para quedas) é um aparelho normalmente de tecido com um formato semi-esférico destinado a diminuir a velocidade da queda de pessoas (por exemplos soldados) ou objetos despenhados de grande altura.

Existem evidências de que Leonardo da Vinci fez projetos de um pára-quedas um pouco rudimentar, mas que funcionou em testes recentes. O pára-quedas de da Vinci consistia em um quadrado com quatro pirâmides de pano espesso e em cujo centro (onde se cruzam as diagonais) se prendia cordas que seguravam o corpo do pára-quedista.

Em 22 de Outubro de 1797, André-Jacques Garnerin foi o primeiro homem a saltar de pára-quedas.


 

Ponte levadiça

Mais uma criação de Leonardo foi uma ponte, da qual poderia se ter um controle de passagem, que seria a PONTE LEVADIÇA.
Uma ponte levadiça sobre um canal onde passam navios e possui um sistema automatizado de controle que deve adotar a seguinte sistemática:

Navios devem pedir ao sistema de controle autorização tanto para entrar no canal como para passar sob a ponte;
Todo navio informa ao sistema que acabou de passar sob aponte e também que já deixou o canal;
Todo carro deve pedir ao sistema de controle autorização para passar sobre a ponte, e compromete-se a informar o termino de sua passagem.
O canal só comporta a passagem de um único navio de cada vê;
Um navio só pode passar sob a ponte levantada.

  

 

 

Submarino

Submarino é uma embarcação especializada para operar submersa, tendo sido largamente usadas pela primeira vez na Primeira Guerra Mundial, sendo usado por todas as grandes marinhas atualmente. Submarinos civis e submergíveis são usados com fins científicos tanto na água doce quanto salgada para trabalhar em profundidades muitos grandes para mergulhadores humanos.
Já na época renascentista julgam que Leonardo Da Vinci tenha criado o Submarino

 

 

Isqueiro

O isqueiro é um dispositivo para gerar fogo, patenteado em pelo alemão Johann Wolfgang Döbereiner, foi na verdade criado por Leonardo da Vinci.

 

 

 

 

Máquinas Multi Canos

Essa metralhadora tinha considerável Firepower. Assim que os canhões foram carregados e prontos a ser despedido, um amplo leque de fogo foi assegurado. Porque a arma transporte foi facilmente deslocáveis, poderia ser que visam objetivos diferentes, se necessário. A altitude do canhão incêndio poderia ser ajustada com uma manivela mão na parte traseira do carro.